Raquel Paiva comemorou seus 15 anos com linda e animada festa no Lareira Up, na última sexta-feira. Na foto, a aniversariante é ladeada pelos amigos Sofia, Priscila Légora e Marcelo Dal Col. (FOTO: Marcio Guimarães)

 

 

 A empresária Maya Meneghelli e o marido Elias Meneghelli Junior seguem com os filhos para a Vila de Itaúnas, no norte do Estado no feriado de Carnaval.

 

 

 O querido Leonardo Picinati, passa o feriado de Carnaval em Vitória. Este ano, o gestor de marketing vai se dedicar aos encantos de nossa ilha, como pesca no Iate Clube, passeio de escuna pela orla, visita ao farol de Santa Luzia, além das marchinhas no Centro da capital.

 

 

 Danilo Leonel recebeu o carinho da arquiteta Lucienne Barreto, em jantar de aniversário, que reuniu seleto grupo de amigos no restaurante da Adega Canto do Vinho, em Vitória. (FOTO: Thuanny Louzada)

 

 

 Waldéria Stephani Ribeiro vai curtir o Carnaval em Guarapari ao lado da família. A dermatologista aproveita para se deliciar na Praia das Castanheiras.

 

 

 A Skol promove festa de lançamento do Carnaval de Rua de Vitória 2018, com evento fechado para convidados, nesta quinta-feira, dia 08, no Mokai Vitória, na Ilha do Boi.

 

 

 Amanda Gonçalves Borsoi é ladeada pelos irmãos Hitalo e Hellany, e a mãe Hellen Dal Col, em noite que marcou sua formatura de medicina veterinária.

 

 

 O Forró Bemtevi está preparando uma super apresentação para o tradicional Baile do Voador, evidenciando dois ritmos tradicionais e latentes das festas populares brasileiras: o Arrastapé e o Frevo. Com a guitarra capixaba de Jura Fernandes, o Bemtivi também leva a fusão do forró com congo e promete animar a festa com hits capixabas que fizeram e fazem sucesso.

 

 

 O Carnaval no Doca 183, um dos points do reduto boêmio do Centro de Vitória, será marcado pela mistura de ritmos. A programação musical da casa durante a folia de Momo será eclética e incluirá blues, samba e até o bom e velho rock’n roll.

 

 

 VOCÊ SABIA? Como acertar o tamanho da prótese de mama? Altura, peso e quantidade de tecido gorduroso na mama são alguns dos fatores que devem ser analisados. É o que explica o cirurgião plástico Fábio Zamprogno. “Às vezes, as pacientes querem escolher o tamanho usado em uma amiga, mas esquecem de avaliar as características físicas dela mesma. Tudo deve ser levado em conta: desde a camada de gordura no tórax ou ao redor das mamas, passando pela altura, até as estruturas óssea e corporal. De uma forma geral, as mais magras podem colocar próteses maiores, enquanto as mulheres com o tórax mais cheio precisam optar pelas menores”, destaca.