Transformar o hábito de fotografar em um diário cotidiano de pequenos detalhes da cidade em que se mora e que, na maioria das vezes, passa despercebida pela maioria dos moradores. Este é o hobby do professor de educação física Rogério Caldeira, que durante seus passeios de bicicleta, que fazem parte da sua rotina de trabalho e lazer, fez inúmeros cliques da ilha de Vitória.

O resultado dessas imagens, o público vai poder conferir com a abertura da exposição “Nós”, a partir desta sexta-feira (20), às 19h30, na Emparede Galeria de Arte, em Santo Antônio.

Desde novo, na época dos filmes fotográficos, que estou habituado a carregar máquina fotográfica. Esse hábito nos torna mais atentos à cidade, às pessoas e a tudo que está se passando ou está passando por nós”, disse.

Exposição: 

As imagens que fazem parte da exposição foram realizadas no dia a dia do professor-fotógrafo com o auxílio do seu smartphone. “Não costumo sair para fotografar. Fotografo quando saio e até mesmo quando não saio. O acaso proporciona imagens lindas e tão interessantes quanto o acaso é querer enxergar o que se vive, a interação com a cidade e com as coisas, situações e pessoas que podem compor com nós. Fotografo o que me toca”, relata.

Este olhar sobre a cidade, que é de todos, inspirou o título da mostra. “Nós no sentido amplo da palavra: nós e tudo que vivemos, eu e a cidade, as pessoas, as cenas das cidades, nós e o outro, nós e o cotidiano. Penso também no sentido dos nós que nos une e por vezes nos ata, que acaba representando o entrelace nas relações entre as pessoas e o meio”.

Serviço

Exposição “Nós”, fotografias de Rogério Caldeira

Abertura: 20 de março, sexta, às 19h30

Visitação: até 19 de abril

Emparede Galeria de Arte

Rua Albuquerque Tovar, 41, Santo Antônio

 

NOS_03

NOS_01

NOS_02