A empresa capixaba Le Chocolatier acaba de inaugurar a sua primeira loja conceito, no Aeroporto de Vitória, com coquetel para convidados na noite desta quarta-feira, dia 18. O empresário Angelo Piana conta que a empresa está vivendo uma nova fase, após a mudança de gestão, há dois anos.  Na foto, Angelo Piana ao lado de Fabiana Fabris, gerente geral da Le Chocolatier. (FOTO: Marcio Guimarães / All Live)

 

 

 Marco Kbral lança seu “Maria Mulher” para os cariocas. O lançamento acontece no próximo dia 26 de julho, na Casa do Desejo, em Paraty.

 

 

 A mobilização para o McDia Feliz 2018 já começou e a Acacci será beneficiada com a venda de Big Macs durante o dia 25 de agosto. Os tíquetes antecipados podem ser adquiridos diretamente na instituição e os recursos da campanha serão utilizados na manutenção dos serviços oferecidos às crianças e adolescentes em tratamento oncológico e seus familiares.

 

 

 A designer Ane Zorzanelli recebeu Andressa Allen e Bruna Mazzoco em seu espaço, na Praia do Canto. (FOTO: José Augusto Tovar)

 

 

 A empresária Flávia Buaiz, proprietária da Origami Papel e Arte se uniu a Sabrina Kucht do Café Terra Nova, em Santa Lúcia, e montou uma pop-up store no local. A novidade ficará disponível por tempo limitado.

 

 

 Benjamin Baptista, presidente da ArcelorMittal do Brasil, será homenageado durante a abertura oficial da MEC SHOW e EXPO CONSTRUÇÕES que acontece no dia 07 de agosto, na Serra.

 

 

 Janine Manhães foi prestigiar a irmã Claudia Manhães, durante palestra no CentroModa Senai, em Vila Velha. (FOTO: Divulgação)

 

 

 Os atores Foca Magalhães e Lorena Lima estão no elenco do mais novo longa-metragem do cineasta capixaba Rodrigo Aragão. O ‘Cemitério das almas perdidas’ será rodado entre agosto e setembro e tem o lançamento previsto para 2019.

 

 

 VOCÊ SABIA? Um projeto que atende mulheres vítimas de violência comemora a marca de quase 20 pacientes em Vitória e Vila Velha. O “Dentista do Bem” oferece tratamento completo, incluindo implantes, exames e próteses. Segundo a empresária Márcia Gabriella Barros, uma das parceiras do projeto, o mesmo se estendeu e hoje contempla seis municípios. A mulher vítima de violência precisa fazer o boletim de ocorrência e entrar em contato com o Creas da sua cidade. A partir daí o atendimento é solicitado.